Diferença entre cerâmica e porcelanato - RE/MAX Spazio

Construir ou reformar um imóvel requer que muitas decisões sejam tomadas, e, para que as escolhas sejam as melhores, é importante entender cada ambiente e o estilo de decoração que será usado. De acordo com o estilo é que definiremos, por exemplo, qual o melhor piso a ser usado. 

Muitos são apaixonados pelo efeito do porcelanato e da cerâmica nos pisos, fazendo com que sejam usados em muitos projetos de arquitetura devido à sua estética, elegância e praticidade de limpeza. Mas, ao optar por uma das opções, é preciso conhecer as diferenças entre os tipos de revestimentos. 

A cerâmica é composta por uma mistura de argila e alguns minerais e confere um belíssimo resultado estético, mais durável e mais resistente que o piso de cerâmica. Já o porcelanato é feito de porcelana e outros materiais mais nobres. Mas, você sabe quais as vantagens e desvantagens de cada um deles?


Cerâmica:

A cerâmica é opção mais econômica do mercado, devido à mistura feita em sua composição com argilas e outros compostos químicos. Essa opção possui diferentes versões, sendo: esmaltada e não esmaltada. 

As peças esmaltadas da cerâmica possuem uma camada de esmalte que torna o piso impermeável, fazendo com que seja mais resistente aos agentes químicos que podem entrar em contato com o revestimento. 

As opções não esmaltadas podem ter um desgaste maior, culminando na sua menor durabilidade. Caso opte por essa ou outra versão, é necessário se atentar para o PEI, classificação da resistência do piso. 

 

Porcelanato:

O porcelanato é feito de materiais nobres como a massa porcelânica e argilo minerais. Tais materiais conferem durabilidade e resistência ao revestimento, impactando no preço que se torna mais alto. 

Dentre as característica positivas desse tipo de piso, está em sua baixa porosidade e absorção de água. Esse piso tem a possibilidade de ser esmaltado, acetinado ou então polido, sendo conhecido como técnico. 

A opção esmaltada é mais resistente à manchas, podendo ser encontrado em acabamentos brilhantes, rústicos ou acetinados. Já o acetinado é fosco e fácil de limpar, além de ser resistente também à manchas. 

E, por fim, o polido, também conhecido como técnico, possui a superfície lisa com baixíssima absorção de água, conferindo, porém, a facilidade de se escorregar. Este porcelanato é brilhante, resistente e fácil de limpar. 


As opções são inúmeras. Avalie o seu imóvel e o que será melhor para os ambientes!

Tire suas dúvidas